Body sensual é versátil e combina com tudo | Blog Poder & Sedução

O body sensual é uma lingerie e uma de suas variações é conhecida como teddy nos Estados Unidos. Tem raízes no maiô collant usado no balé e em esportes atléticos.

Na década de 50, o teddy virou sensação nos Estados Unidos pela praticidade e liberdade aos movimentos do corpo. Já nos anos 70 foi imortalizado pela atriz Jane Fonda e na década seguinte as influências vieram das fitas de ginástica. Depois fez parte da cultura pop.

Já a lingerie body sensual ficava limitada a momentos especiais, mas virou tendência para ser incorporado ao guarda roupa no dia a dia de forma contemporânea.

Em 2015, a Givenchi fez um desfile primavera-verão memorável e apresentou em sua coleção um body com decote em v com amarração de laços combinado com calça justa.

De lá para cá, outros estilistas apostaram no body em suas coleções, as influencers e celebridades começaram a usar e foi um passo para chegar ao guarda roupa das mulheres comuns.

Além disso, no desfile de Milão, a Versace mostrou lingerie a mostra na coleção de primavera-verão 2020 e essa tendência promete continuar forte.

Existem inúmeras formas de usar o body usando apenas truques de styling e escolha correta de material e modelagem. Tem tipos com transparência, misturado com lycra, com detalhes em renda, de mangas compridas, frente única, etc.

Um body: inúmeras combinações

Ele é versátil, pois pode ser usado em todas as estações do ano e é queridinho de quem é adepta do armário cápsula. Um único body combina com short, saia, calça ou por debaixo de vestidos.

Ele pode fazer parte de uma composição para o trabalho, para uma tarde de passeio, em um almoço de família, quanto uma esticada de happy hour.

Por exemplo, para o dia a dia em uma composição casual, pode ser combinado com calça jogger ou jeans. Para o outono é só colocar uma jaqueta. No verão com saias ou short.

Para o trabalho, o body pode ter decote nas costas, mas gola fechada e combinar com blazer para o dia e esticar o uso a noite para uma confraternização. Essa combinação de sóbrio com sexy pode ser alcançada ao escolher modelo, tecido e peças complementares em um jogo de esconde e mostra.

Achar o tamanho certo

Mulheres altas e que tenham o torso comprido podem ter dificuldade em encontrar o body mais confortável e perceber o tecido repuxado. Já quem tem pernas mais longas e torso mais curto pode ter problema em ver tecido sobrando na parte superior.

Nesses casos é melhor escolher um body com tecido com elastano ou lycra e muita paciência até encontrar o ideal que tenha caimento perfeito e confortável. No entanto, não descarte fazer ajustes.